terça-feira, 29 de março de 2011

A Volta à Rotina

A rotina já me dominou novamente. Aquele ritmo louco de trabalho e estudos voltou a minha vida e como isso é bom. Nas últimas semanas nem consegui parar para escrever aqui no blog.

As duas primeiras semanas foram um pouco mais complicadas. Já não estava mais acostumado a acordar cedo, dormir pouco e passar o dia todo fora de casa, movimentando-me com mais intensidade. Além disso, agora existe um componente novo: um joelho de plástico, que oportuniza algumas dores e limitações que eu não tinha antes desse fatídico episódio na minha vida.

Faz um certo tempo que não comento sobre a minha endoprótese e percebi que falei bem pouco dela aqui no blog depois da cirurgia. Parece que foi ontem que acordei na sala de recuperação e olhei diretamente para o meu pé para ver se ele ainda estava comigo. A primeira ação foi movimentá-lo e então uma sensação de alívio tomou conta de mim. Os meses que seguiram foram de muita dificuldade. Larguei as muletas 15 dias após a cirurgia. Apesar de ainda ter pouca flexão e um pouco de dor oriunda dos traumas cirúrgicos, naquele tempo já conseguia me locomover com algum esforço.

Sete meses e muitas sessões de fisioterapia depois disso, consegui 86º de flexão, o valor máximo que alcancei e que me permitiu caminhar com naturalidade e ter algum conforto ao sentar. Hoje, se alguém desconhecido me observa em caminhada dificilmente percebe as minhas dificuldades.

A título de esclarecimento, não se pode imaginar que a endoprótese irá garantir todas as funções de um joelho humano. Tive até que abandonar a minha extensa e bem sucedida carreira futebolística (um amigo meu disse que o futebol agradece). A realidade é que não posso mais praticar qualquer esporte que envolva corrida ou um certo grau de impacto. Além disso, o cansaço é mais frequente e alcançado com mais facilidade, o que resulta em algumas dores indesejadas após uma movimentação mais expressiva. Além disso, as endopróteses têm uma vida útil, que é muito difícil de determinar, pois varia de acordo com a forma de utilização, a qualidade do material e do cirurgião.

Eu já sabia de tudo isso antes da cirurgia. O ortopedista que me operou, um profissional sério e qualificado, informou-me sobre esses inconvenientes. Ele me disse que uma de suas pacientes está há mais de 20 anos com a mesma endoprótese, enquanto outros precisaram realizar a troca ou manutenção em menos de 10 anos. A medicina não é uma ciência exata, é preciso entender isto para interpretar corretamente as informações. É impossível dizer que um determinado procedimento é o melhor em qualquer hipótese, pois cada caso é um caso. Existem casos em que a endoprótese não é viável. Em outros além de viável tem resultados excelentes. Eu sou muito feliz por ter preservado minha perna, mesmo que não exista garantia de que poderei mantê-la até o fim da minha vida. A endoprótese preserva mais que o membro, preserva uma série de valores subjetivos e importantes na vida de um ser humano.

Apesar dessa minha satisfação em ter tido êxito na manutenção da minha perna, percebi que, mesmo que o destino não tivesse me agraciado com esse joelho de brinquedo, eu teria elementos suficientes para ser feliz, pois este é um aspecto secundário da doença. Vencer o câncer uma vez já é sensacional, imaginem então sair com qualidade de vida! Muitas vezes achamos que somos infelizes, pois não sabemos que precisamos de muito pouco para ser feliz. Reclamar da vida é muito fácil e cômodo. Difícil é correr atrás, lutar até o fim, se entregar na busca de um resultado incerto, mesmo sabendo que o seu adversário é a própria morte e que ela pode ser antecedida de muito sofrimento. É por isso que desejo a todos que passam por esta doença força e coragem, pois são estes os valores que não permitirão esmorecer e se entregar. Costumo dizer que ninguém deseja essa doença, mas se ela vem, que seja possível aprender um pouquinho da vida com ela, repensar valores, reencontrar sentimentos e nascer de novo!


José Alencar

Hoje faleceu um dos símbolos nacionais da luta contra o câncer, o guerreiro José Alencar, um doloroso dia para aqueles que compartilham da doença. Em sua homenagem, colei a frase a seguir do blog da minha amiga Karina.

"Não tenho medo da morte, porque não sei o que é a morte. A gente não sabe se a morte é melhor ou pior. Eu não quero viver nenhum dia que não possa ser objeto de orgulho. Peço a Deus que não me dê nenhum tempo de vida a mais, a não ser que eu possa me orgulhar dele."

"Eu não titubeio. Se é preciso fazer, é feito. Vou te dar um dos segredos: é, provavelmente, não ter medo da morte. O que eu tenho medo é da desonra, porque um homem honrado não morre nunca, e o homem que perdeu a honorabilidade morre em vida. Pensa que está vivo, mas as pessoas o evitam, não querem conhecê-lo, não querem conviver com ele, fazem questão de dizer que não o conhecem."

José Alencar


O Super Juliano

No último domingo fui visitar meu amigo Juliano no Hospital da PUCRS. Ele esteve internado no mesmo andar que eu nas últimas quimioterapias que fiz e esta semana ele também está encarando a última do seu tratamento. A surpresa foi chegar ao quarto e vê-lo a jogar vídeo game com o Tinga! Tá importante esse guri! Força cara!

20 comentários:

Vitor Finkler disse...

Pessoal,

Recebi alguns comentários que considerei um tanto agressivos, portanto passei a moderar os comentários antes de publicá-los.

A minha preocupação é manter o blog em um bom nível, sempre se prestando a auxiliar as pessoas.

Não deixem de comentar, por favor!

Um abraço,
Vitor Geraldo Finkler

Marilisa disse...

Vitor! Nada como retomar a nossa velha rotina!! Ai, que maravilha.
Mas vais observar com o decorrer do tempo que a rotina jamais será a mesma, pois teu ângulo de visão perante a vida foi mais afetado pela doença que o eixo da terra no último terremoto. A rotina terá sabor de aventura!
Desejo à ti, nessa nova fase, muitas, mas muitas felicidades e realizações.
Parabéns pelo teu sucesso e que ele perdure.
bj

Nina Marona disse...

Vitor, eu fico impressionada e emocionada com a tua batalha vitoriosa e a forma bonita como você consegue mostrar a tua luta para a gente.
Tu estás de parabéns não só pela tua garra, mas pela força de caráter de no momento mais difícil da tua vida, ainda tentar ajudar aos outro que passam por esta mesma barra, te expondo de forma tão corajosa e trazendo informações tão úteis sobre uma doença pouco conhecida como o osteossarcoma.
Estamos todos muito felizes por ti.
Um abraço enorme e muita felicidade nesta nova etapa da tua vida!!!
PARABÉNS!

Marilda disse...

Sou a mãe de Carol, a do blog ''Carol Star''.
Achei muito interessante esse se depoimento serviu para exclarecer minhas dúvidas que só mesmo quem passou por esse problema pode dizer.
Infelizmente nessa luta conhecemos muitas pessoas que não conseguem ir a diante, mas tenho certeza que assim como vc minha filha vai passar por tudo isso com muita garra e retornará sua rotina.
Muito Obrigada, pela força.
Um grande Abraço!!

Marilda Oliveira
bjos.

Fabíola Aquino disse...

Oi Vitor,
Estamos passando aqui para deixar um grande abraço. Você sabe que esta família te adora (não vou colocar idolatra, para não te assustar, mas é quase isso!!! rsrs). E estamos felicíssimos com sua volta a rotina.
E não pare de escrever neste blog, viu... pois, através deste instrumento, vc foi o primeiro a nos mostrar que há uma luz no final do túnel...no meio daquele horror do diagnóstico, nos te encontramos via google e nunca mais de largamos.

Abraços
Família Aquino

Bárbara disse...

Todas essas conquistas são suas, da sua família, dos amigos, de todos os que te amam. Constitui-se num exemplo de superação. Nós te seguimos e como você, acreditamos na vida. A vida, meu amigo, é Bárbara!

Beijo,
Sandra Fonseca

Cássia disse...

Querido

Sou seguidora do seu blog e estou indicando o seu para ganhar um selo de excelencia também.To muito feliz com a sua vida ocupada e com seu restabelecimento,mas veja ai se cnsegue aceitar o selo.Meu blog é
http://raspadinhaecarequinha.blogspot.com.

beijos para vc e saiba que há muito você faz parte do meu circulo de orações.

Karine Pereira disse...

Caro Vitor,
Estava pesquisando na internet matérias sobre quimioterapia e assim cheguei no seu blog.
Minha mãe terá fazer quimioterapia e eu estava tentando entender melhor sobre os ciclos do tratamento.
É tão emocionante sua tragetória e batalha contra esse cancer, que li todas as suas postagens.
O que tenho a dizer é que estou muito feliz por você e desejo toda felicidade do mundo!
Você é um guerreiro e merece viver!
Grande abraço!

Anônimo disse...

Oi Vitor
Bom saber que estás recomeçando, após vencer a luta contra o câncer. Parabéns pela garra, parabéns pelas conquistas. Sei muito bem o qto é bom poder recomeçar.
Tudo de muito bom para você. Sucesso.
Com o carinho e a torcida da
Lourdinha

Mazé disse...

Oi Vitor.....faz tempo que não passo aqui tbm, faze nova em minha vida, quer dizer menos tempo pra NET...srsrsr! Mas vendo vc relembrar da cirurgia, do pós e td mais, vejo o qto foi dificil, acho até que ja comentei aqui, que uma vez o Caio gemendo de dor (cirurgia para retirada do tumor no iliaco) naquele momento não pude me conter e chorei muito...de desespero mesmo, não sabendo mais o que fazer, lamentando, odiando e com muita raiva da vida. Foi qdo o Caio com apenas 11 anos me olha e diz....mãe, ainda bem que sinto dor isso é sinal de que minha perna esta aqui!!! Foi dificil mesmo pra mim poder digerir td isso, mas hj depois de 5 anos qdo td começou, hj vivo de uma forma melhor a td isso, e principalmente deixo o Caio tbm viver. E ele esta muito feliz!!! Vejo vc escrevendo td isso e realmente vcs que realmente passaram e viveram td isso com certeza estão muito melhor que nós mães.....srsrsr....ainda bem! Amo ler o que vc escreve e ver o lado bom que vcs conseguem tirar de uma vida onde houveram muitas perdas, mas com toda certeza os ganhos superaram!

Helena Dias disse...

Oi Vitor, tudo bem? Sou repórter da revista Sou Mais Eu da Editora Abril. Queria pedir sua ajuda para uma matéria que estou fazendo. É sobre como a internet pode ajudar pessoas com problemas de saúde. Queria saber se você pode me ajudar indicando alguém (mulher, pois a revista é feminina) que tenha encontrado apoio e esclarecimento no seu blog, para então lidar com a osteossarcoma. Conhece? Acha que pode me passar o contato da pessoa ou passar o meu contato para ela?
Meu e-mail é helenaberthodias@gmail.com

Muito obrigada pela atenção!

Thaís disse...

Ola..encontrei seu blog por meio do orkut da sua mae, que ela estava comentando o falecimento de uma grande amiga minha.. a Dani...
Gostei de verdade do seu blog, nao deixe de escrever...vale a pena ler cada dia mais..fique com Deus bjo
thais diane
thais_adm@ymail.com

Gui_oliv disse...

Olá Vitor.
Meu nome é Guilherme - SP, em meio à pesquisas para minha especalização em oncologia, me deparei com um link que me encheu de felicidades, trata-se de um blog de um rapaz chamado Vitor Finkler, que brinda à todos com o relato vencedor de quem obteve um diagnóstico desfavorável, más que de maneira brilhante superou todas as fases do tratamento. Gostaria de parabeniza-lo pela iniciativa e ato heróico em favor da vida, uma vez que você deve saber o quanto está auxiliando à outros paciente acometidos pelo osteossarcoma.
Mesmo tendo contato apenas agora, no último capítulo da história, farei a leitura na íntegra, desta forma, não tenho dúvidas que terei motivação suficiente para transppor meus pífios problemas.
"Não tenho medo da morte, más da desonra..." (José Alencar)
Digo que você honrou a vida, como poucos...
Forte abraço, do seu já considerado amigo...

Mariéli G disse...

Olha estou muito emocionada em entrar em seu blog!
Estava visitando o juliano no orkut , vi a foto de vcs nos recados dele,creio q foi sua mãe que mandou. Conheço o Ju, des de que ele tinha uns 4 anos, primeiro ele teve leossemia graças a deus , venceu essa luta, mas infelizmente o cancer no testiculo voltou! Sou vizinha do Ju. Estou sempre perto, tentando divertir ! Já considero ele como um irmão! TUDO DE BOOM!

www.ondadagalera.blogspot.com

maria rosa disse...

Oi Vitor, sou mae do Tiago Matias que como voce,e um vencedor nesta batalha do cancer.Te encontrei atraves do orkut de sua mae. Tudo de bom pra voce.

Lúcia Fonseca disse...

Olá Vitor! Sou voluntária com crianças e adolescentes com câncer, e para apoia-las, ajuda-las na luta e transmitir esperança, já usei posts seus. Torço muito por você e, permito-me usar também a sua vitória para exemplificar a cura dessa doença.

Israel Nunes disse...

Vitor,meu nome é Israel Nunes. Sou pai de uma menina linda com o nome de Sarah Nunes,muito forte e determinada.Digo com toda certeza que fico muito feliz com o resultado de seu tratamento,e quero do fundo do coração que vc fique sempre com muita fé e melhore cada vez mais.A minha filha Sarah teve osteossarcoma no femur ditital esquerdo,iniciou tratamento com QT dia 02/02/2010,teve varias complicaçõe nos meses seguintes anteriores a cirurgia mas manteve-se forte e conseguiu passar da cirurgia dia 25/06/2010colocando uma endoprotese de titanio permanecendo a perna e tambem iria ficar com 90% no movimento. Mas ela teve que fazer uma QT pos operatoria no dia 13/07/2010 e mais uma no dia 14/07/2010,na primeira ela ficou bem mas na segunda ela vomitou varias vezes,melhorou e teve alta dia 17/07/2010,dia 21/07/2010 teve que retornar pois não estava bem,tomou soro das 8 as 21,as 17,entrou uma menina com infecçao intestinal,não no mesmo quarto mas na mesma area.Fomos para casa mas tive que retornar com ela no hospital dia 29/07/2010 pois ela não estava bem.Ela ficou com minha esposa ,quando ela foi para retaguarda so podia ficar um acompanhante e as 11 horas tive que ir embora .Antes de sair ela me chamou me abraçou disse que me amava,eu disse para ela que o pior ja havia passado e com certeza no outro dia ela estaria em casa. Ficou ela com a minha esposa ,foi a ultima vez que a vi com vida,depois de varias complicações 3 convulçoes e 5 parada cardiaca a ultima as 7 horas da manha do dia 30/07/2010 enquanto eu coversava com o medico. Ela faleceu as 7.23 horas.Ali ficou a minha vida tambem,ela era a caçula e ate hoje eu minha esposa e meus filhos não nos recuperamos,e cada dia e um sofrimento e tristeza contante. Por isso digo a vc,agradeça todo dia a DEUS, e viva,sei como seus pais devem estar se sentindo alegres,valorizeos ,pois bem sei eu como nos pais e familiares sofremos a cada momento junto de vcs,e ficamos muito felizaes com a vitoria. Esta luta não é uma luta solitaria mas uma luta que quando se vence todos comemoram e ficam alegres, mas quando vem a derrota niguem consegue tirar nossa tristeza. Deus te abençõe eternamente. Tentarei entrar em seu Orkut, se tiver curiosidade la estaram as fotos de minha filha SaraH Nunes,no mes de Julho quando fara 1 ano que ela se foi,irei colocar fotos dela antes nessa maldita doença.
Se cuide e Deus te de vida longa e Vitoria.
ASS> Israel Nunes. 26/06/2011.

Fabiana disse...

Oi Vitor,meu nome é Fabiana e estou feliz por ter encontrado seu blog,há tempos que venho procurando algo parecido mas não encontrava.Tive um Tumor de Células Gigantes no femur distal há seis anos,não era um tumor maligno mas confesso que mudou completamente a minha vida,já fiz três cirurgias e uso uma endoprótese que substitui joelho e parte do fêmur.
Depois que passamos por essas situações nossa vida nunca mais volta ao normal,mas ela ganha um novo colorido e nos tornamos mais fortes.fica com Deus.

Anônimo disse...

Vitor, boa noite!
Fui acometida de um osteossarcoma periostial e uso endoprotese de joelho e 2/3 do fêmur. Superei tudo com minha família e amigos. Ah e aí da tive que enfrentar um divorcio no meio do tratamento.
Hoje há quatro anos casada noamente, indo de encontro a todas as expectativas, engravidei, tenho um filho lindo de 2 anos e seis meses, perfeito, saudável, amamentei durante hum ano( consegui ficar sem fazer uso de remédio para dor todo esse tempo).
Esse nosso Deus ê maravilhoso!

Unknown disse...

Ol,a Victor. meu nome é Adilson e estamos passando por um processo de recuperação de minha esposa depois da retirada de um osteosarcoma.
Esta na fase de fisioterapia superando graças a Deus...
TENHO ACOMPANHADO SEU BLOG E TEM SÃO DE GRANDE UTILIDADE COMPARTILHAR INFORMAÇÕES ASSIM COMO VOCE TEM FEITO
UM GRANDE ABRAÇO