quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Adeus Cabelo

Hoje o cabelo começou a cair. Há dias que venho fazendo testes. Dou pequenas puxadas no cabelo para ver se alguns fios se desprendem com facilidade. Até ontem nada de diferente. Hoje pela manhã, quando fui fazer mais uma coleta de sangue, o resultado do teste foi um pouquinho incomum. Ao puxar levemente o cabelo, uns três ou quatro fios ficaram nos meus dedos.

No fim da tarde, a minha querida irmã Kota veio me dar um abraço e questionou se o cabelo estava caindo. Respondi que sim e fiz o teste para ela ver. A esta altura do dia, puxando levemente o cabelo já se desprendia um chumaço entre os dedos.

Fiz o teste com pelos de todas as partes do corpo. Até agora a sobrancelha está intacta. O mesmo vale para pelos dos braços e das pernas. A queda só se dá no cabelo, barba e pelos pubianos. Mas de que barba eu estaria falando? Desde que iniciei a quimioterapia parei de me barbear, afinal iria perdê-la a qualquer momento. Então hoje existe um pouquinho de barba no meu rosto. Nada de mais.

Por incrível que pareça, fico feliz que isto esteja acontecendo. Conforme o Dr. Júlio, é um sinal de que meu organismo está reagindo às drogas.

Mudando de assunto, hoje ficou acertado que serei internado semana que vem no hospital da PUCRS para realizar o segundo ciclo de quimioterapia. Espero que tudo corra conforme está programado. O Dr. Júlio tem dado uma atenção incrível ao caso. É gratificante saber que estou sendo tratado por um profissional tão competente e interessado. O tratamento do câncer não se restringe à quimioterapia, radioterapia e cirurgia. Todo o conjunto emocional que envolve o paciente é importante para o sucesso do tratamento. Se depender disso, estarei curado em breve!

4 comentários:

Maria Zilá disse...

Vitor... tu estás te revelando cada vez mais um guerreiro, mostrando uma inteligência imensa como, como o vô Juca sempre diz, e a cada dia superando as dificuldades. Estamos na torcida e acompanhando diariamente o blog, convictos de que em muito breve tu sairá dessa!
Continua com essa força!
Um abração da Tia Neca, Tio Lourenço, Ju e Edo!

lena disse...

O Dr. Júlio deve estar muito satisfeito, pois esta tua postura de otimismo é o mais avançado e mais eficiente de todos os remédios, Vitor!

Tiago Finkler disse...

Grande Vitor! Assim como o primeiro, o segundo ciclo do tratamento também será um enorme sucesso. Continua sempre com essa mesma forca e disposicao!

Um grande abraco dos primos
Tiago e Karin.

Karen disse...

Maninho, tu vai tirar isso de letra! E lembre-se: "são dos carecas que elas gostam mais..." Beijos, te amo!
kota