terça-feira, 24 de novembro de 2009

Pesquisando

Nos últimos dias andei pesquisando sobre próteses. Tenho muitas dúvidas a respeito da cirurgia, ainda não sei se será uma cirurgia de preservação do membro ou uma amputação. Na primeira hipótese eu receberia uma endoprótese, enquanto que na segunda uma prótese convencional. Decidi pesquisar ambas as hipóteses para me esclarecer um pouco mais sobre o assunto. Achei alguns textos e fotos bem interessantes. Para ver algumas dessas fotos é preciso ter estômago. Confesso que sempre fui avesso a assistir cirurgias, ver pedaços de gente ou pessoas mutiladas, mas hoje não tenho mais problemas com isto. Acredito que seja decorrência da minha necessidade de me abastecer de todas as informações necessárias, preferi encarar assim a doença. Algumas pessoas preferem deixar o conhecimento para os médicos. Eu prefiro tentar entender o que está acontecendo. É uma maneira de buscar forças para vencer a guerra.

Talvez alguns achem que não devo pensar na hipótese de amputação, que só devo ter em mente pensamentos positivos. Pensar na hipótese não significa ser negativo. É importante entender que posso acordar da anestesia sem a perna, imaginem o choque! Doloroso ou não, é preciso estar preparado e prefiro ser cauteloso, me preparando para enfrentar o maior desafio. Desta forma, não existem decepções, tudo será lucro.


Neste fim de semana descobri uma comunidade no Orkut chamada "Batalha contra o câncer". Muito interessante, são cerca de 28 mil participantes que expõem suas histórias de luta. Encontrei mais 3 casos semelhantes ao meu. Todos com diagnóstico inicial de tendinite, histórico de dor e tratamento quimioterápico. Gostei da comunidade e passarei a acompanhá-la. É mais uma maneira de buscar informações e exemplos de superação.


Para quem quiser se informar:

Protocolo fisioterapêutico em pacientes submetidos à endoprótese não convencional de joelho por osteossarcoma: estudo prospectivo
http://www.rbo.org.br/materia.asp?mt=1808&ididioma=1


Tumores produtores de tecido ósseo
http://www.unifesp.br/dorto-onco/livro/tumor3p4.htm

IOT-HCFMUSP Modular System - Técnica Cirúrgica
http://www.mdt.com.br/tecnica-iot.pdf

Telangiectatic Osteosarcoma of the Patella
http://www.orthosupersite.com/view.asp?rID=29623

7 comentários:

Anônimo disse...

cara, tenho acompanhado a tua batalha, e hoje passo aki pra te desejar novamente muita força e SUCESSO! Não sei se hora pra falar nisso, mas e o nosso time, o que achas? Será que ainda temos chance de levantar o caneco? abraço. Zoldan

Lê... disse...

"Talvez alguns achem que não devo pensar na hipótese de amputação, que só devo ter em mente pensamentos positivos. Pensar na hipótese não significa ser negativo."

Concordo com você Vitor!
Pensamento positivo é livrar-se dessa doença!

julii_piccoli disse...

Vitor, foi muito bom te ver sábado na festa do vô e dá vó com aquele sorrisão lindo no rosto! Mais do que nunca, tu és um exemplo para todos nós e, logo logo estará bem! Estamos torcendo e vais sair muito bem quando tudo isso acabar!
Continue assim e com certeza faremos uma festa maior que a do vô para comemorar a tua vitória!
Te amamos muito! Manda um beijão pra tua namorada linda e tua família maravilhosa!
Tia Neca, Tio Lourenço e Ju!

Karen disse...

Maninho, eu também penso como vc.. é melhor sempre estarmos cercados de informações e evitar decepções. Estás no caminho certo, eu tenho certeza disso. Também tenho pesquisado e te avisarei sempre que achar alguma coisa útil .. Depois teremos um caminho longo de fisio pela frente, mas vc vai saber lidar com isso.. Vai dar tudo certo!!!!! te amoooo e estarei sempre aqui to teu ladinho para o que precisares. Te amooo

helô disse...

VITOR é isso aí: "tentar entender o que está acontecendo” é já estar posicionado em atitude positiva. É uma sábia estratégia que organiza e fortalece teus mecanismos de defesa à situação. E, quando a torcida percebe o preparo e a garra do jogador é um alívio, virá o 'lucro'! Abração.

Carolzita disse...

Olá , meu nome é Carol , sou de SP e tenho 26 anos.
Estava pesquisando sobre Artrite Reumatóide - doença da qual sou portadora há 2 anos e meio - e efeitos colaterais do Metrotexato , quando encontrei o seu Blog.

A AR é uma doença auto-imune , caracterizada pelo ataque do organismo às cartilagens e articulações. Em geral , causa dor , inflamação e se não for tratada pode levar à invalides.

Bem , o que eu gostaria de dizer é que sei como se sente. Sei como é gozar de plena saúde e de uma hora para outra estar em uma cama e tomando remédios com efeitos colaterais fortes. Não é apenas o nosso corpo que padece , mas nosso emocional... Junto forças de minha família e meu amado namorado , que me acompanham des do começo.

Quero que saiba que apesar de não conhecê-lo torço por você.Tenha Fé e acredite nos dias melhores que virão com certeza. Sempre que puder vou ler o seu blog.

Grande abraço.

Carol.

Tatiane disse...

Vitor, concordo contigo, é sempre bom entender tudo que está acontecendo, isso só pode dar mais força! E isso não quer dizer não estar sendo positivo.
Ah, a festa do vô estava ótima né! Agora é só esperar pelo tradicional churrasco dos aniversariantes de dezembro!
bjs tati